Esporte e natureza

Tem coisa melhor que acordar com um lindo domingo de sol?
Pois é, foi assim neste domingo passado: céu azul, sol quente, praia, rio...

Onde ir?
O que fazer?

Decidimos tirar um dia para praticar esporte ao ar livre. 
Tudo de bom!!!!

A atividade seria remar de Stand Up por aí. 


Rapidamente arrumamos a prancha no carro e saímos sem destino, quer dizer, mais ou menos sem destino, afinal sabíamos que tinha que ser rio ou braço de mar para uma remada mais tranquila e em família.

Analisando os locais que reuniam rio/mar, natureza e belezas decidimos por Pedrinhas...

E lá vamos nós!


Só que, ao chegarmos lá, tivemos uma enorme decepção: a maré estava super baixa com muita lama e, praticamente, impossível de carregar o Stand Up até onde pudéssemos remar.


O negócio era procurar outro lugar e, como já estávamos na metade do caminho, seguimos rumo ao Boqueirão Sul (amo) para remar no braço de mar que divide a Ilha de Cananéia.

Estava super tranquilo por lá, e a molecada rapidinho estava na água!


E, entre uma remada e outra, eu (é claro) saí à procura dos melhores clicks em um dos lugares mais encantadores da Ilha...

Esta passarela usada pelos pescadores me levou lá para dentro do braço de mar, de onde pode-se avistar o Morro Santo Antônio, que já faz parte de Cananéia, além de poder ver os cardumes de peixes, que circulam as rochas que ficam aqui embaixo, atrás de comida.


E, como também sou filha de Deus, é claro que fui remar e curtir esta delícia que é praticar esporte ao ar livre.
Para quem não conhece, o Stand Up, é esta prancha enorme onde você fica em pé, ou de joelhos (depende do seu nível de equilíbrio) e se movimenta com um remo.

 Este esporte está super em alta e, nele, você pode sentir toda a liberdade de curtir a natureza e se exercitar ao mesmo tempo. 

Com um cenário desses então... :)


Não vá se enganar com a facilidade do esporte, remar cansa muiiito! Rs

Por isso, uma boa paradinha para hidratar e descansar cai bem.
Por aqui tem lugares ótimos com sombra e brisa fresca para refrescar a manhã quente. 


Enquanto descansava avistei um cardume de golfinhos que pescava na outra margem do braço de mar... Lindos, saltando e nadando em grupo.

Fiquei tão encantada que quando me lembrei da foto só consegui esta, com um pedacinho dele para fora da água... 

Além do que estava muito distante e não é fácil fotografá-los pois emergem longe de onde afundam.

Esta foi na sorte mesmo! :)


A manhã passou super rápido (como sempre) e a fome começou a bater na galera que se exercitou e se divertiu pra valer.

Até siri (tinha uns enormes aqui) eles tentaram caçar!


Decidimos seguir, de balsa, até Cananéia e comer um peixinho em um dos maravilhosos restaurantes que tem por lá.

Depois do almoço, uma voltinha pela cidade e bora para a Ilha, pois o caminho é longo... 

Do Boqueirão Sul até o Boqueirão Norte leva, em média, uma hora de viagem.

Uma bela viagem, é claro!


A volta estava tranquila, com maré baixa e muito sol.

Quando chegamos nas Dunas do Juruvaúva não resistimos...

Paradinha para uma diversão rápida!

Sente só a alegria da galerinha.


As dunas, além de serem a proteção natural contra o avanço do mar, são lugares mágicos...

Delas, pode-se ver os mais espetaculares pores-do-sol, sentir a energia do mar, a brisa suave que arrasta areia por todos os lados, a vegetação típica que cresce por ali, belas bromélias e muita, muita paz!


As dunas do Juruvaúva, são as maiores dunas da Ilha.

Além das belezas, que já citei, a diversão por aqui é garantida. 

Subir, descer, pular, explorar... As opções são muitas. 
Só não vá circular por lá de bicicleta, moto ou carro, por favor!

Nossa brincadeira preferida é o "skibunda" (rsrs) ou seja, escorregar na duna sentados em cima de uma prancha.

A criançada se acaba, e eu também! Hehehe


Agora o que eu amo mesmo é poder sentar aqui no topo e ver este marzão...

A sensação é indescritível!
É como se eu fosse invadida pela paz, como se meu corpo virasse uma extensão da natureza...

Amo, amo, amo!!!


Na hora de ir embora é sempre bom dar uma conferida se não está esquecendo nada por lá!

Afinal diversão  com consciência  é a melhor de todas: você faz sua parte na preservação do ecossistema e garante, também,  que quando voltar lá as dunas vão estar perfeitas para que você possa se divertir novamente! :)


O sol já estava se pondo quando chegamos por aqui.
 Encerrando o dia com um fim de tarde maravilhoso e nos deixando com gostinho de quero mais...

Mas novas aventuras virão por aí, novos dias ensolarados e divertidos como este!

Até a próxima...

You Might Also Like

0 comentários