Dunas do Araçá

Aloha!

Nossa, já faz tempo que não apareço por aqui né?

Tenho que admitir que, apesar de achar encantadora a paisagem da Ilha durante o inverno, acabei desanimando um pouquinho...
Não pude fazer muitos passeios neste período. Afinal sempre chovia no fim-de-semana o que, todos vão concordar, é bem desanimador!

Mas, tive o prazer de acordar com um belo domingo ensolarado. Não estava um dia quente o suficiente para uma diversão à beira da praia, mas estava um sol lindo o suficiente para sair de casa...

Nosso destino? 
Dunas do Araçá!

Não precisa estar calor para se divertir e se encantar por lá... Quer conhecer?
Vamos lá!


O caminho, para quem não conhece, é muito fácil: Beira-Mar, sentido Norte, segue direto rumo à Ponta da Praia... 
De um lado o maravilhoso mar e, do outro, esta maravilha da natureza!


As dunas são um espetáculo por si só. São montes, ou até montanhas de areia, que se movem e dão forma à este lugar incrível!


A força do vento cria cenários espetaculares que se modificam o tempo todo. 
Estar aqui é como sair da Ilha...
E,se não fosse a visão do mar do outro lado da avenida, poderia me sentir em pleno deserto!


Esta área é imensa, com montes elevados, vegetação própria, pequenos animais, vento quente, areia nos olhos (rs), barulho do mar ao longe!


Passamos uma boa parte do dia nos divertindo por aqui... Dá para escorregar nas dunas, subir e descer montes, sentar lá no topo só para apreciar a paisagem e sentir a brisa que sopra lá do mar. 


E a paz... Ah a paz que é este lugar, não dá para explicar!


Ah! Quase me esqueço...
Enquanto de um lado temos o mar, do outro olha só... O rio serpenteia lá ao fundo, exibido como uma cobra prateada!


A vegetação que margeia o rio é típica e farta. E, apesar do solo árido, é verde e fresca!
A natureza caprichou neste cantinho da Ilha...


Eu e minha família passamos uma bela tarde explorando este lugar... 

Eu fiquei aqui em cima, observando tudo, sentindo a areia branquinha sob os pés, a brisa fria e salgada que vinha do mar, os raios quentes e dourados do sol de fim-de-tarde, o som das aves do outro lado do rio.


A criançada se divertiu pra valer...
Rolou, escorregou, correu, subiu e desceu!

Ah, nada como viver em comunhão com a natureza não é mesmo?


No fim do dia, todos cansados mas, totalmente, realizados...
Agora é só sentar e esperar, porque o espetáculo está confirmado!


Lá, atrás da duna, se vai o sol...
Adeus domingo ensolarado!!!!


Recomendo muito este passeio, afinal a Ilha não é só água, a Ilha é um ecossistema completo que merece nosso respeito e todo nosso cuidado!

E,caso vá visitá-lo, não se esqueça de deixar apenas suas pegadas por lá... ;)



You Might Also Like

2 comentários

  1. mto boa reportagem sobre o local...pena que a prefeitura continua a incentivar a pratica de motos e jeeps em cima das dunas...vale lembrar que as dunas são APP - área de proteção permanente - de acordo com a nossa legislação vigente. Não entendo, dizer que tem as unicas dunas intocadas do estadoe fomentar eventos sobre as mesmas....muito contraditório...mto bom a parte do "deixa apenas suas pegadas" ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que uma palavra define bem esta contradição: Capitalismo!
      Mas, como vc mesmo mencionou, a lei está a nosso favor... Temos que estar atentos e cobrar. No dia que estive lá, tinha 2 motos transitando pelas dunas, qdo me viram com a câmera foram embora rapidinho. Podemos usar a denúncia como arma à nosso favor e fiscalizar. Se cada um contribuir podemos acabar com isso!

      Excluir