Ressaca do mar...

Sabendo que tem uma frente fria se aproximando fui logo conferir como estava o mar... 

E adivinha?
GIGANTE!

Gigante, é assim que os surfistas se referem ao mar quando está com ondas altas, como hoje.
.
Tirei várias fotos e fiz uma breve pesquisa sobre o que causa este fenômeno. 

Abaixo, um pouco de conteúdo e muitas fotos desta fúria da natureza!


A chegada de ondas violentas à costa começa quando rajadas de vento fazem subir o nível do oceano e aumentam, já em mar aberto, o tamanho dos vagalhões. Impulsionada por correntes marítimas, a massa de água caminha com velocidade crescente até encontrar o litoral. Ao chegar à praia, o mar agitado inunda a faixa de areia e as ondas quebram bem próximas da orla. 


No Brasil, as ressacas são quase sempre causadas por frente frias que atingem o Sul e o Sudeste. Podem ocorrer dezenas de vezes por ano, mas, felizmente, é possível prevê-las até cinco dias antes, como foi o caso desta de hoje.
Esta previsão é importante, já que há relatos de banhistas que foram tragados pelo mar e levados para longe da praia pelas fortes correntes marítimas. 

Fica, portanto, o alerta: nunca abuse quando o mar estiver em fúria!


A ressaca no mar pode ocorrer em qualquer época do ano, mas na costa sul e sudeste do Brasil, o fenômeno é mais provável e comum no outono e inverno, quando temos a atuação mais frequente de ciclones extratropicais no Atlântico Sul.

Este fenômeno está acontecendo este fim-de-semana e, se intensifica com a chegada da frente fria o que pode deixar o mar bastante agitado à partir de hoje mas, principalmente, no domingo e segunda-feira com a colaboração da lua cheia que aumenta a agitação marítima.


A galera do surfe não se intimida e cai no mar... Aproveitam a ressaca para curtir o mar agitado e garantir altas ondas!


A ressaca se tornou atração na praia... Vários turistas se reuniram para observar e fotografar as ondas grandes que invadiram as areias do Boqueirão hoje! 


A ressaca contribui com o aumento da sujeira na praia, que já estava cheia de caules e folhas trazidas dos mangues próximos ao mar.


A maior preocupação, no entanto, é com o lixo humano.

Nesta região do Boqueirão, próxima aos quiosques, já dá para se ter idéia do estrago... As ondas se misturam ao lixo e espalham a sujeira para todos os lados oferecendo grande risco de contaminação.

Fica aqui um alerta para os banhistas: "Vamos preservar nossas praias!"


Curiosidade:

Inspirados na destruição marítima, os bebedores exagerados apelidaram de ressaca aquele mal-estar típico após uma bebedeira.

"A palavra deriva do espanhol resaca, cujo sentido original designa refluxo das ondas do oceano. No Brasil, o termo ganhou um significado metafórico, pois quem bebe demais também passa por muita turbulência na manhã seguinte", afirma o lingusita e tradutor John Robert Schmitz, da Unicamp.


Assim está a Ilha hoje...

Muitos corajosos se arriscaram e encararam o mar frio e agitado!

 Eu fico por aqui... Só observando! :)


Obs: Na sessão álbuns você pode conferir todas as fotos da ressaca de hoje.


You Might Also Like

2 comentários

  1. Obrigada por compartilhar as fotos da nossa querida Ilha!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu que agradeço por acompanhar o blog. É um prazer fotografar e mostrar as belezas deste paraíso!

      Excluir